quinta-feira, 27 de agosto de 2009

Poema de amor para alguém aleatório

Eu quero alguém em quem possa confiar.
Quero alguém o qual possa amar.
Não quero, mas preciso de você.
Mesmo que nunca ti chegue a saber.
Obrigada por sempre me ouvir.
Mesmo quando chorei
Às vezes de tanto rir,
Outras porque sabia que errei.
Eu te amo.
Mais do que isso.
Amo há varios anos.
Pode apostar nisso.



Um beijo e um abraço. Uma barra de chocolate e um bombom de cereja. Com amor, carinho e doces adocicados.