segunda-feira, 2 de novembro de 2009

Game Over

Ela não tinha o direito.
Acabar com a vida dela acabou com a minha também.
Eu sou culpada, sei que sou.
Nada pode tirar isso de mim.
Sou única e exclusivamente culpada.
Ótimo, agora quero me matar também.
Então espere, vou ali tomar uma caixa de calmante...



Mas... de que adianta nos esforçarmos para fazermos tudo certo, se... A vida sempre acaba .-.

0 comentários:

Postar um comentário